De onde tiro as idéias

Meio atrasado, mas aí vai hehe. O Santaum me convidou para um meme, explicando de onde tiro as idéias para os posts do blog.

Vou admitir que achei uma pergunta difícil a princípio, mas pensando melhor, nem é difícil. Bilhões de threads passam pelos meus neurônios, o problema é que para passar para o “papel” é outra história. Ou falta tempo ou falta computador ou falta o conjunto adequado de palavras na ordem adequada (em outros termos, deixar a preguiça de lado).

Uma analogia me veio à cabeça sobre isso, de idéias que vingam, e outras que não. Meu cérebro é igual a um buraco negro, e as idéias são as partículas virtuais. Se um par da idéia cai no meu cérebro na hora certa, não existe mais idéia virtual, um elemento do par cai nos neurônios e o outro elemento no post. Se não entendeu… bom, que tal ler aquele livro do Hawking, “Uma Breve História do Tempo”?

Tá, chega de viajar e vamos a coisas mais concretas. Basicamente as idéias sobre programação e dicas de computadores são consequência direta do meu trabalho, às vezes um comando quebra o galho, uma distribuição fica melhor que a atual, formas peculiares de resolver problemas em programação, etc.
Outras idéias vêm dos meus livros, sempre compro e/ou empresto, no mínimo, 2 livros por mês (às vezes é mais, quando tenho $ sobrando no bolso), além de ler religiosamente a Scientific American todo mês.
E que mais? Ah, claro, curto astronomia, então, tem muita, mas muita coisa mesmo interessante nessa área que mal dá para conseguir enumerar.

E às vezes eu tenho mania de fazer associações estranhas entre coisas sem relação à primeira vista, então ativar a função random() com frequência é bom…

Finalizando, eu repasso esse meme a quem se interessar 🙂

Anúncios

Sobre giseli

Eu: Engenheira, sedenta por bits e chocólatra assumida. Além de ser fã de IAs, principalmente Wintermute e HAL9000
Esse post foi publicado em Eu, Variados e marcado . Guardar link permanente.

9 respostas para De onde tiro as idéias

  1. Santaum disse:

    Giseli,

    Muito interessante a sua resposta. Às vezes sou assim também, chovem milhares de idéias e, de repente, na hora de escrever sai nada. Mas, de repente, surge “nonada” alguma idéia aceitável e consequentemente um post até razoável, apesar de nesses dias meus posts estarem uma porcaria, hehehehehe…

    A propósito, obrigado por estender este Meme.

    Grande abraço.

  2. giseli disse:

    Ah, cara, normal… todo blog tem, em geral, um comportamento de uma senóide, com picos e vales hehehe. Agora que fiquei pensando sobre como tiro minhas idéias, parece que fiquei com mais idéias para os posts rs.

  3. Fábio disse:

    comigo a coisa é igualmente esquizofrênica, mas há anos aprendi a sempre me cercar dos mais diversos dispositivos (de PDA a papel de pão) para anotar tudo o que me vem à cabeça. difícil é encontrar esses microtextos depois, mas ainda bem que não fica só nisso. Enquanto traduzo, costumo abrir vários arquivos de Word, um para cada idéia (uma coisa que aprendi lendo a biografia de Sir Richard Francis Burton, que chegou a ter, num momento de sua vida, 9 ou 10 mesas maciças de madeira em seu escritório, cada uma dedicada a uma tarefa diferente – quer dizer, o cara já era steampunk, multitasking. 😉

    Mas não sei se entendi a questão proposta pelo meme. As minhas idéias para o blog eu tiro de leituras diárias de blogs alheios, notícias de websites e leituras de livros – é bem mais simples. O que citei acima foi para escrever resenhas, artigos e contos (e chega, que já é demais, né? 🙂

  4. giseli disse:

    Nunca é demais, Fábio rs.
    Er, você tocou num ponto importante sabe? Eu esqueci de mencionar que também me inspiro a partir de outros blogs, notícias etc. Tsc, como minha mãe diz de minha filosofia de vida, “para que simplificar se pode complicar”? hehehe

  5. Fábio disse:

    Ah, mas a vida pós-moderna é complicada mesmo, então pra que tentar resumir o que pode ser hipertextualizado? 😉

  6. giseli disse:

    Pois é, tem coisas ‘ir-resumíveis’, se bem que estou tentando simplificar minha vida, aplicando a filosofia do humanismo 🙂

  7. Santaum disse:

    É isso aí Fábio.

    Você entendeu perfeitamente o propósito do meme, hehehhehe… É justamente isso, “como você tira idéias para escrever no seu blog”.

    A propósito, seus métodos são muito interessantes. Não faço isso. Talvez com isso, algumas idéias que surgem “nonada” podem ser passadas para a frente (tipo, andando na rua perdido e de repente sai alguma idéia. Solução: algum rascunho para escrever).

    Boa dica. Obrigado.

  8. Santaum disse:

    Mais um meme para ti, heeheheheheheh…

  9. giseli disse:

    Já saiu do forno, Santaum! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s