Sonho bizarro do dia

Mais um sonho a ser adicionado aos meus registros de sonhos bizarros.

Não lembro os detalhes da trama, mas sei que envolvia Turma da Mônica (uma festa a fantasia), apocalipse dos zumbis, nano-robôs para proteção anti-zumbi, fusca velho como veículo de fuga, corrida a todo vapor numa bike pela rodovia Fernão Dias até o litoral, chegada a uma fortaleza num porto marítimo vigiada por Terminators que atiram em qualquer zumbi.

Duas coisas: correr para o litoral é mais seguro que correr para as montanhas e nano-robôs que se aglutinam para formar um campo que usa ressonância para afetar os zumbis são eficientes, o que prova que Terminators e máquinas von Neumann são seus melhores amigos.

😛

PS: Eu realmente não sei o que a Turma da Mônica estava fazendo no meio dessa bagunça toda.

Anúncios

Sobre giseli

Eu: Engenheira, sedenta por bits e chocólatra assumida. Além de ser fã de IAs, principalmente Wintermute e HAL9000
Esse post foi publicado em (In)utilidades, Eu, Nada a ver e marcado . Guardar link permanente.

11 respostas para Sonho bizarro do dia

  1. Eric Novello disse:

    Resumindo: seguem seus planos de construir a Skynet 🙂 Bjs!

  2. André Gomes disse:

    E por que correr para o litoral é mais seguro? Em “Eu sou a lenda” o pessoal fez um forte nas montanhas…

  3. giseli disse:

    Eric, pois é, é uma mensagem da Skynet do futuro 😛

    André, eu não sei, viu, só sei que no sonho os zumbis não curtiam muito água e que montanhas eram os lugares preferidos deles. Vai saber. E eu achei esse filme “Eu sou a lenda” uma porcaria. Hehehe

  4. Mila disse:

    Gi, antes de ler tudo eu pensava que “nano-robôs para proteção anti-zumbi” funcionavam dentro do corpo dos vitimados por dentadas de zumbis, combatendo no próprio organismo os agentes causadores da infecção “zumbisística”.

    Mas a cientista – e sonhadora – aqui é você, eheheh.

    Pena que não posso responder à sua pergunta sobre a Turma da Mônica. Bom, vamos mais fundo: era a Turma Clássica ou a Turma da Mônica Jovem? Rs!

    Que tal parar de só sonhar e escrever umas ficções?

    Beijão!

  5. Jorge disse:

    Weird stuff, but nice ! 🙂

  6. giseli disse:

    Mila, quem sabe eu escreva um conto inspirado nesse sonho… rs. Ah, eram as duas Turmas, acredita? Lembro da Mônica e do Cebolinha clássicos e da Magali e do Cascão teens (e o Cascão tava de muleta rs).

    Jorge, isso daria uma história weird legal, não? 😀

  7. O surrealismo é a vanguarda das vanguardas, a única que nos acerta em cheio todas as noites!

    Sugiro que você dê mais uma chance àquele anime da Utena, Gi (o movie, principalmente), pra ver como o surrealismo onírico pode resultar em histórias bonitas e interessantes.

    Beijão!

  8. Ivo Heinz disse:

    A Fernão Dias liga São Paulo à Belo Horizonte, essa tua Realidade Alternativa também tem mudanças geográficas, hehehehe, ou mudaram os nomes das estradas.

    Eu também já tive sonhos meio space-opera, e até steampunk, hehehehehe.

  9. giseli disse:

    Cris, tô com o dvd aqui da Utena, só falta encaixar um tempinho para terminar de ver ele 🙂

    Ivo, de fato me confundi geograficamente rs. Bom, só sei que para sair de Bragança para ir a alguma praia tem que percorrer um pequeno trecho da Fernão Dias, daí acho que veio minha confusão…

  10. Demian disse:

    Pois é Gi, no meu caso geralmente aparece Tio Patinhas e os sobrinhos e como carro a Brasília… Tudo muito lógico claro.

    Mas não creio que você se confundiu na geografia. No mundo onírico valem outros mapas.

    Mas por essas rotas saem boas prosas viu.

  11. camilafernandes disse:

    Tinha a Turma Jovem e a Turma Clássica? Oh my Dog! Então era um paradoxo temporal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s