Comentários sobre as leituras de 2009

Depois da minha lista de leituras, nada mais justo que dar uns breves comentários e destacar os livros que realmente valem a pena, não é? Dividirei o post em seções: Livros made in Brazil; Ciência; Matemática e Ficção Científica estrangeira.

Livros made in Brazil

O ano foi recheado de bons lançamentos de autores brasileiros. Não só em ficção científica, como de outros gêneros. Meus top 7 em árvore morta e 4 ebooks:

  • Os dias da peste – Fábio Fernandes.
  • Coletânea Steampunk – vários autores: Bela coletânea com excelentes contos a vapor.
  • Anacrônicas – Ana Cristina Rodrigues: Ótimo apanhado de contos curtos recheados com ilustrações de Estevão Ribeiro.
  • Taikodom: Crônicas – Gerson Lodi-Ribeiro: Space opera à la brasileira.
  • FC do B de 2009 – vários autores: Todo ano se realiza um concurso para selecionar os melhores contos em ficção científica que são publicados em um livro. Esse ano o pessoal caprichou em muitos contos.
  • Trilogia Padrões de contato – Jorge Luiz Calife: Excelente ficção hard brazuca. Apesar de ter achado algumas partes meio enrolativas, a trama como um todo é bem bacana e vale a pena ser lida.
  • Paradigmas volumes 1 a 3: Coletâneas de vários autores. A qualidade dos contos não é uniforme, mas em cada volume sempre há uns contos de destaque.

Por ora é isso. Aviso que não estão em ordem de preferência e, apesar de ser os meus 6 favoritos, a não-menção de outras obras não a desmerece necessariamente, é só por questão de critério e espaço.

E os ebooks:

  • O nômade – Carlos Orsi Martinho: Apesar de ter achado que o final podia ser um pouco melhor, ainda assim vale uma olhada.
  • O fantasma na máquina – Lúcio Manfredi: Noveleta cyberpunk brazuca, com SP de cenário. Trama com alguns clichês e partes meio abstratas e confusas, mas a história como um todo é interessante (e poderia ser reaproveitada para dar uma novela melhor ainda).
  • O jogo do tabuleiro – Simone Saueressig: Essa trilogia me surpreendeu. Um grupo de amigos se dá pelo desaparecimento de um dos amigos, que disse que ia jogar. Misto de fantasia, rpg e algumas coisas a mais.
  • O melhor do desafio operário – vários autores: Coletânea de contos do grupo Fábrica dos Sonhos. Boa parte dos contos são bem escritos, mesmo que alguns peguem clichês. Bem bacana!

Veremos como será 2010 em termos de lançamentos brazucas. Dizem que é o ano em que faremos contato….

Ciência

Ano recheado de boa ciência. Lá vai meus 5 prediletos:

  • Death from the Skies – Phil Plait: Delicioso livro sobre as coisas perigosas do Universo. Mas sem ser em tom alarmista e sim em linguagem científica e com boas explicações.
  • O andar do bêbado – Leonard Mlodinow: É um livro sobre como a aleatoriedade afeta nossas vidas.
  • A revolução dos q-bits – Ivan S. Oliveira e Cássio Leite Vieira: Explicando passo-a-passo a computação quântica
  • Programming the universe – Seth Lloyd: Computação quântica e universo holográfico. Que mistura é melhor que essa? =D
  • Deus: uma ilusão – Richard Dawkins: Apesar do autor ser chato pacas em algumas partes, é um livro bem esclarecedor sobre ateísmo e sobre nossas tendências de acreditar no “existem mais coisas além do céu e da terra do que supõe nossa vã filosofia” (uma de minhas citações preferidas de Shakespeare).

Matemática

Meus 5 preferidos:

  • “The Poincaré Conjecture” de Donald O’Shea, desde a formulação da conjectura até sua solução por Grigori Perelman.
  • “The Calculus Wars: Newton, Leibniz, and the Greatest Mathematical Clash of All Time” de Jason Socrates Bardi, sobre quem realmente inventou o cálculo, Newton ou Leibniz?
  • “The man who loved only numbers: The story of Paul Erdös”, de Paul Hoffman, uma das melhores biografias que já li na minha vida, sobre o formidável matemático Paul Erdös.
  • Letters to a Young Mathematician – Ian Stewart – Deliciosa leitura sobre as aventuras e desventuras de ser um matemático.
  • Uma senhora toma chá… – David Salsburg: Falei sobre ele aqui.

E muitos outros livros de matemática e ciência a mencionar, mas vou deixar vocês fuçarem a lista…

Ficção (não só) Científica estrangeira

Esse foi um ano onde descobri muita coisa boa na literatura sci-fi e outras coisas. Acho que nessa vou dar um top 10:

  • Trilogia Time’s Odyssey: Time’s Eye; Sunstorm e Firstborn – Arthur Clarke e Stephen Baxter: Ficção científica hard com viagens temporais e o Sol irrequieto no meio na bagunça.
  • The player of games – Iain M. Banks: Excelente descoberta de um autor de FC. Faz parte da série Cultura que o autor criou, e nesse livro é sobre um jogador de jogos, não no sentido comum, mas de jogos com dimensões extras. Um dos jogos tem uma espécie hiperultramegasofisticada do xadrez 3D do Big Bang Theory.
  • Cryptonomicon – Neal Stephenson: Esse livro é FANTÁSTICO! Über-recomendado! Você aprende criptografia num ótimo ambiente de ficção/história!
  • Fastfoward – Robert J. Sawyer: O LHC é o cenário principal da história =)
  • WWW: Wake – Robert J. Sawyer: Um livro bacana sobre a emergência de uma IA a partir da internet.
  • The Metamorphosis of the Prime Intellect – Roger Williams: Tá, a maneira de escrever não era exatamente boa, mas a história é que é duca e vale a conferida.
  • The Accidental Time Machine – Joe Haldeman: Como o nome diz, é sobre viagens no tempo. Apesar do tema ser clichê, a história é excelente e sem clichês. Tem umas piadas implícitas =)
  • Flatland – Edwin Abbot: Livro escrito no final do século 19, mas parece escrito nos dias atuais, dada a atualidade de algumas coisas, como enxergar dimensões espaciais adicionais.
  • A invenção de Morel – Adolfo Bioy Casares: Não é bem ficção científica e sim mais realismo fantástico, mas ainda assim, ficção de boa qualidade. Um cara para numa ilha e se depara com alguma coisa.
  • As incríveis aventuras de Kavalier & Klay – Michael Chabon: Uma espécie de história alternativa, sobre desenhistas de superheróis e alguém com habilidades de Houdini.

Bom, é isso!

Agora, deixa eu ir lá arranjar uma fila de leituras para 2010 🙂

Anúncios

Sobre giseli

Eu: Engenheira, sedenta por bits e chocólatra assumida. Além de ser fã de IAs, principalmente Wintermute e HAL9000
Esse post foi publicado em Livros e marcado , . Guardar link permanente.

15 respostas para Comentários sobre as leituras de 2009

  1. Pingback: Tweets that mention CyberGi » Comentários sobre as leituras de 2009 -- Topsy.com

  2. Romeu Martins disse:

    Gi, brigadão pelo registro. Estou feliz de aparecer em seu top seven nacional em dose dupla, na coletânea Steam e no Paradigmas #1.

    Fiz um post no meu blog sobre tua lista: http://cidadephantastica.blogspot.com/2010/01/torre-de-vigia-12.html

    Beijão

  3. Oi Gisele! Eu gostaria de agradecer a sua leitura e a sua citação de “O Jogo no Tabuleiro”, aqui no seu blog! Valeu! Eu espero que você tenha se entusiasmado o suficiente para participara das “Jogadas Apócrifas”! Um abraço!

  4. Simone Saueressig :Oi Gisele! Eu gostaria de agradecer a sua leitura e a sua citação de “O Jogo no Tabuleiro”, aqui no seu blog! Valeu! Eu espero que você tenha se entusiasmado o suficiente para participara das “Jogadas Apócrifas”! Um abraço!

  5. Fabio disse:

    Mais uma vez, muito obrigado pela gentilíssima menção, Gi! 🙂

  6. Giseli Ramos disse:

    Que isso, Fábio! Seu trabalho é bom pra caramba, e outras pessoas precisam conhecê-lo!

  7. HEGNER disse:

    Como vc conseguiu ler 100 livros em um ano, muitos da sua lista eu também li porém levei muitos anos, estou querendo saber sobre os livros do Robert J. Sawyer, em especial Flashforward, vc leu em inglês ? Sabe se tem em português?

  8. Ótimo site, ótimas indicações. O universo da leitura é realmente infinito. Quanto mais lemos, mais buscamos, mais encontramos. Leitura é liberdade é encontro. / Um forte abraço / Inajá

  9. Realmente a leitura aproxima os afins. A liberdade e a mobilidade que a leitura proporciona atrai objetivos comuns. Também tenho um blog onde coloco meus retalhos de leituras. http://retalhosdeleituras.blogspot.com/. Bibliotecária por formação agora permito-me escrever textos diversos. Estarei sempre visitando seu site. / Um abraço e continue firme. É maravilhoso seu espaço. / Inajá

  10. Olá Gisele. Cá estou eu de novo. Neste final de semana ganhei um livro magnífico do meu filho – sabe Dia das Mães. Devorei em pouco tempo. “A luminosa história do príncipe que sentia falta de tudo” do escritor frances Jacques Schecroun. Surpreendente do começo ao final, aliás, depois do ponto final um novo texto deu início em minha vida. Aconteceu na minha e penso que acontece e acontecerá na vida de muitos. Como indicação no próprio livro, A boa sorte de Alex Rovira Celma e Fernando Trias de Bes fechou com chave de ouro dois dias de leitura. Ainda não coloquei citações deles em meus blogs, mas logo estarão lá. Aliás, há outros que aos poucos vou inserindo no http://retalhosdeleituras.blogspot.com/ . Li muito em toda a minha vida, mas jamais me percebi fazendo resenhas, citando passagens, como tenho visto a preocupação dos jovens hoje. Fico feliz por você. Estou procurando dar um pouco da minha contribuição também. Um abraço Giseli e até mais. Adorei este momento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s