Definições e vaguezas no dia-a-dia e nos estudos

Uma das atividades que um pós-graduando deve fazer é assistir aos exames de qualificação de mestrado/doutorado, além de assistir às defesas propriamente ditas, é claro. Hoje presenciei mais um exame de qualificação e os comentários da bancada me fizeram refletir um pouco sobre um dos erros mais comuns na conversação humana e na hora de redigir teses e artigos. O erro frequente ao qual me refiro é o vício que as pessoas têm para serem vagas quando usam certas expressões e não as definem.

Explicando melhor: na própria qualificação, a bancada disse que usar o termo “uma quantidade boa de ferramentas” é muito vago. Certamente que é, afinal, “boa” não é uma quantidade que pode ser facilmente entendida em um número. Só se a pessoa tivesse definido no contexto da dissertação o que significa “boa…

Extrapolando, isso é muito frequente nas conversações humanas. Quantos mal-entendidos poderiam ser evitados se as pessoas fossem mais específicas e soubessem usar direito os termos? Quando alguém me diz: “daqui a pouco”, meu reflexo é perguntar: “daqui a aproximadamente quantos minutos?”. Tem gente que me olha esquisito, mas poxa, pode significar que seja daqui a 5 minutos, daqui a meia hora ou daqui a horas! O_o

Esse é apenas um dos inúmeros exemplos de vícios que as pessoas têm… e eu tento atiçá-las para serem mais específicas e claras no que querem dizer.
Então, tente aplicar isso no dia-a-dia e na pós (ou em qualquer outra coisa que exija que você escreva algo) que, pode crer, as coisas e as conversas ficam muito mais fáceis de serem entendidas. Afinal, eu também tento ser específica no que quero dizer 😀

Anúncios

Sobre giseli

Eu: Engenheira, sedenta por bits e chocólatra assumida. Além de ser fã de IAs, principalmente Wintermute e HAL9000
Esse post foi publicado em sem categoria. Bookmark o link permanente.

7 respostas para Definições e vaguezas no dia-a-dia e nos estudos

  1. mushi disse:

    Quando me pedem definição de termos vagos, que gosto justamente por serem imprecisos, eu exagero pra cima =p

  2. Eu concordo Gi!

    Mas isso provavelmente se deve ao fato de sermos da área de exatas. Tenta explicar isso pra um psicólogo pra vc ver…

  3. Pingback: Tweets that mention CyberGi » Definições e vaguezas no dia-a-dia e nos estudos -- Topsy.com

  4. mushi disse:

    @Giseli Ramos
    “daqui a pouco termino o serviço” “daqui a pouco quanto?” “duas horas” (quando imagino que termino em meia hora :P) (apesar que sempre termino no dobro de tempo que eu achava que demoraria…)

  5. Benê disse:

    Muito legal o texto menina prodígio!Quando puder faça uma reflexão sobre aquelas pessoas que falam;

    – Chego em 10 minutos! Uma hora depois nada….
    – Entrego o trabalho amanhã. Dois dias depois nada…..
    – Eu não pedi isso! E você mostra por escrito, que foi exatamente aquilo o que ela pediu.

    E assim caminha a humanidade.

    Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s